A Procura Viking

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Mundo otaku - Lei 156 Anti-Otaku





Oiii Pessoal do meu kokoro. Mais uma vez aqui na Segundona, pra trazer algo interessante sobre Os otakus.
A pouco tempo li em uma revista sobre este tema e achei interessante e importante de saber..
Hoje vou falar sobre a lei japonesa Anti-Otaku.

 Bom, como sabemos desenhos animados são entretenimento para as crianças #Fato
Por isso não possuem horários certos para serem exibidos “Desenhos adultos” na TV, agora os desenhos considerados “Adultos” podem ser esses desenhos que você esta pensando (hehe) e desenhos obscuros, ou seja, que tenham raiva, sangue, guerra, ódio.. ~Você pode perceber que na primeira versão americana dos Cavaleiros o sangue dos personagens foi colocado em azul.

Na mente de alguns, o uso liberal de violência pelos personagens é como um incentivo, principalmente o pessoal daqui que etiquetou a produção Anime de “ má influenciadora de jovens”.

Enquanto isso a industria de mangás focados em temas eróticos  crescia( também yaoi, Ecchi, hentai) , os  japoneses ficaram muito preocupados com as acusações constantes feitas por nós ocidentais, isso gerou muita tensão nos políticos  orientais e assim entraram na discussão.


A primeira lei foi conhecida como :” Lei da Juventude não Existente”, Dizia basicamente que seriam regulados “qualquer Anime ou mangá com um personagem menor de idade envolvido em atividade sexual ou semelhante a isso A obra precisaria mostrar sexualização da juventude de um ponto de vista positivo, o que poderia impedir o pleno desenvolvimento mental de menores perante sua sexualidade”.
Depois de um abaixo assinado feito por mangakás e uma enorme bangunça, a lei foi reprovada.

Em Novembro de 2010, o projeto de Lei 156, dessa vez nomeada “Lei anti-Otaku” foi escrita em segredo para evitar novas revoltas, e foi posto em votação no congresso dia 15 de Dezembro. E aí esta esta x.x

O objetivo principal é atingir a recente enchurrada de séries lolicons (que mostram garotas muito novas em relacionamento maduros, como é o caso de "Kodomo no Jikan"), que contenham incesto (como é o caso clássico de Setsuna e Sara Mudou, de Angel Sanctuary) e ecchi (que possuem um nível mínimo de perversão mas não chegam a ser hentais, como Love Hina (nível leve) ou Ikkitousen (nível pesado)), podendo se estender para animes violentos pela forma na qual a lei é vaga sobre "o que é prejudicial ao desenvolvimento saudável dos jovens". Jogos também não ficam de fora dessa brincadeira.



~ O que vai acontecer?
A lei visa censurar ou até tirar do ar qualquer série que julgue contrária aos seus preceitos - seja ela em forma de anime, mangá ou uma reles imagem, exceto no caso de fotografias reais. O que acontecerá, no caso, será taxar esses conteúdos como "conteúdo adulto" (18+), o que vai diminuir bastante a visibilidade e o público-alvo dessas publicações e pode desestimular a publicação de novos conteúdos por parte das editoras, além de dificultar a exibição de novos animes na televisão porque o horário será extremamente restrito e lotado.


Isso tudo, obviamente, afeta diretamente a liberdade criativa dos autores, forçando-os a seguir regras que serão impostas às editoras de mangá. Estas, por sua vez, terão suas comissões de auto-regulação de conteúdo que estarão sujeitas a uma notificação governamental caso publiquem mais de seis obras em um ano que o governo considere "prejudiciais". Após esta notificação, caso haja mais alguma publicação desta natureza, o governador virá a público para expôr essa editora e humilhá-la para fazer com que distribuidores e retalhistas não apoiem mais a mesma.



Já existem casos de editoras que, por prevenção, estão orientando autores a mudarem a sua postura para se adequarem à nova lei.



 ou crueldade).



~ O que pode ser remanejado ?
Séries que contenham violência (leve a moderada) ou com muitas insinuações sexuais (ecchi).



E nós otakus somos afetados?

Sim, e não só se torna mais difícil obter material sobre animes e mangás na Internet como o material que virá ainda sofrerá uma grande censura no outro lado do mundo antes de ser lançado, o que pode alterar o padrão de certas séries.



O causador disso:



O governador de Tóquio, Shintaro Ishihara. Ele fez alguns comentários desagradáveis aos otakus, aumentando ainda mais a polêmica. Quando questionado sobre seu apoio ao projeto de lei, Ishihara declarou:
Eu não estou dizendo que as pessoas não podem desenhar essas coisas. Eu somente aprovei esta lei porque era sobre não expor estas coisas para crianças. Está claro que existem pervertidos neste mundo. Pessoas tristes com o DNA deformado.

Se a pessoa que possui esse gosto quiser ler ou desenhar este tipo de coisa e ficar excitado com isso, está certo por mim, realmente. Contudo, eu não acho que as sociedades orientais iriam tolerar isso por muito tempo. O Japão tornou-se muito desinibido. Mas vocês sabem, esta coisa é anormal, não é?

Nada a declarar depois dessa..  x.x



Como se sente um otaku com essa lei? Veja o vídeo.
  




Bom, esta certo que não assisto todas as categorias de animes que foram remanejadas, mas acho que quem quer assistir assista, isso de influência não tem nada a ver.. Cada um sabe o que quer pra sua vida, todos têm liberdade de expressão ( certo que no japão não existe casamento homossexual), fora ainda as empresas que têm que dar os seus pulos para manter seu trabalho no mercado.



  • E vc Oque acha??

5 comentários:

  1. to dizendo dizendo que as materia são de primeiro mundo u.u perfeita como sempre patricia *_____

    ResponderExcluir
  2. De certa forma eu concordo, ultimamente os animes estão "apelativos" sempre insinuando coisas sexuais, é interessante uma hora ou outra. Estava procurando algum anime pra assistir, desisti exatamente por que os animes foram corrompidos. Atualmente poucos animes são bons. Você não concorda se seu filho ou irmão mais novo ficasse assistindo um anime que remete ao tema? Agora quanto a parte da violência, já é exagero, não é só por que uma pessoa assiste que ela irá fazer aquilo. Ótimo post, gostei muito. =D

    ResponderExcluir
  3. É realmente colocando meu irmão na história, eu me importaria sim Kkk
    Mas tipo, oque eu queria dizer é que as pessoas por si soh procuram o tipo de anime que querem assistir. TendeO??

    ArigatO, pelo elogio e por comentar ;)

    ResponderExcluir

Postagens populares

Zoológico do Muller

Park Pimguis turtle

Followers